segunda-feira, 26 de junho de 2006

Há menos peixinhos a nadar no mar
do que os beijinhos que eu darei na sua boca


A vontade de rir às vezes vem nos momentos menos oportunos. Mas, convenhamos, é tudo tão patético...

Se todos aceitássemos nossa panaquice e ríssemos dela - subvertendo-a, então, - o mundo seria muito melhor.

E salvem a música brega.

Nenhum comentário:

Postar um comentário