sábado, 19 de agosto de 2006

Não há coisa mais linda neste mundo

Lamento

Morena, tem pena
Mas ouve o meu lamento
Tento em vão te esquecer
Mas, ai, o meu tormento é tanto
Que eu vivo em prantos, sou tão infeliz
Não há coisa mais triste meu benzinho
Que esse chorinho que eu te fiz
Sozinho, morena
Você nem tem mais pena
Ai, meu bem, fiquei tão só
Tem dó, tem dó de mim
Porque eu estou triste assim por amor de você
Não há coisa mais linda neste mundo
Que o meu carinho por você
Morena, tem pena
Mas ouve o meu lamento
Tento em vão te esquecer
Mas, ai, o meu tormento é tanto
Que eu vivo em prantos, sou tão infeliz
Não há coisa mais triste meu benzinho
Que esse chorinho que eu te fiz
Sozinho, morena
Você nem tem mais pena
Ai, meu bem, fiquei tão só
Tem dó, tem dó de mim
Porque eu estou triste assim por amor de você
Não há coisa mais linda neste mundo
Que o meu carinho por você
(Pixinguinha)

E enquanto canto, lamentando,
Me vem alegria e a tranquilidade
Do carinho que tenho por ti
Como carinho que transcende
Vai a todos, vira música
e, sem o teu, me reconforto
apenas com o amor que sai de mim
passa pelo todo
e afinal chega em mim mesmo.
Infinito.



Nenhum comentário:

Postar um comentário