segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

No nada.

Simples e suave coisa: suave coisa nenhuma (que em mim amadurece).

4 comentários:

  1. Outro verso igualmente brilhante dos mesmos: "O verme passeia na lua cheia"
    abrazos

    ResponderExcluir
  2. Outro verso igualmente brilhante dos mesmos: "O verme passeia na lua cheia"
    abrazos

    ResponderExcluir
  3. E - eu tinha esquecido - mas se vocês procurarem o título dessa música, fará muito sentido.

    ResponderExcluir