sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Sobre Platão

Estou de luto!

Morreu o Platão, lendário gato do prédio do meio.

Quem me contou foi a Jacque,que encontrei ontem à noite em uma festa trobriandesa, com a bênção de Malinowski e regada a inhame. Literalmente.

Ela diz que conversou com o pessoal da segurança do prédio e eles avisaram que o bichano (que há alguns meses perdeu-se no esgoto e recebeu até visita oficial de um representante da reitoria) envolveu-se em uma disputa pelo seu território com alguns cachorros que também visitam a FFLCH. O gato perdeu suas vidas restantes e foi enterrado cerimonialmente no jardim interno do prédio, o mesmo em que morava e que defendeu até o fim.

Sai da vida e entra na história. Transforma-se e vive a partir de hoje como mito.

Um comentário: