sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Paracatum sum-êh!

Quero ser o riso e o dente
quero ser o dente e a faca
quero ser a faca e o corte
em um só beijo vermelho

Vou embora.
Depois a gente vê como é que eu volto.

Qualquer coisa me procura
no espelho
(ou no espaço).

2 comentários: