quarta-feira, 1 de abril de 2009

A página cheia

A página cheia pode ser duas.

É cheia porque retira
(esvazia, aniquila)
suas paixões, ódios, desejos.

O que faz com que seja preenchida
por conteúdo amorfo, grotesco.

ou

É cheia porque existe em si e adquire existência à medida em que se cria.
E, uma vez criada, é viva.
Isto é, é ela quem preenche a quem a preencheu,
sem prejuízo pra qualquer uma das partes

2 comentários:

  1. alguém já te falou que você é um poeta, yuri?

    ResponderExcluir
  2. Já. Alguns com sinceridade, outros com ironia.

    ResponderExcluir