domingo, 5 de abril de 2009

Palmeiras 2 x 1 Botafogo-SP

No intervalo exigíamos raça. E perdíamos o jogo e a liderança do Paulistão.

Então aconteceu o que precisávamos que acontecesse. Ortigoza, paraguaio, jogou com a alma e marcou um gol. De carrinho.

De repente, aprendemos que é delicioso ter vontade, e jogamos bola por alguns minutos. O suficiente para o craque Diego Souza marcar.


E sé é verdade que aprendemos, teremos um mês de abril preciosamente verde.


[Ficha técnica: Palestra Itália, dentre as 12 mil pessoas, eu e o Guilherme Borges. Arquibancada.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário