quinta-feira, 15 de abril de 2010

Imprençinha: Quase poesia

Tem coisas que a imprençinha faz que até parece poesia.

No caderno Metrópole, do Estadão de ontem (14 de abril) a seguinte manchete, quase como um ato falho:

Detida mulher que oferecia amor

E depois narra o caso de extorsão que a cigana Portira ("apesar da pele clara, a mulher dizia-se índia e afirmava receber espíritos") cometeu em Santos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário