segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Os verdadeiros interesses nacionais

Na seção de cartas do Estado de São Paulo (16/08/2010):

"Parece que a eleição caminha para um desfecho determinado pelos votos do eleitorado de baixa renda, que é, lamentavelmente, muito grande e em cuja composição prevalecem pessoas que não sabem identificar os verdadeiros valores nacionais e o valor de programas de longo prazo. (...)" (F.M., Cachoeira Paulista)

Leia de novo.

Mais uma vez.

Agora vote, nos comentários. A melhor solução é:

a) Educar a gentalha para os verdadeiros valores da Nação.
b) Restringir o sufrágio para aqueles que dispõe de posses, já que os desprovidos, sem nada a perder, votam irresponsavelmente.
c) Aproveitar a imbecilidade e ignorância dessa gente e maquiar José Serra como Zé do Povo. E, uma vez eleito, manter os programas de longo prazo que mantêm a ordem social, a Pax Romana e a hierarquia entre as classes.
d) Outra idéia?

7 comentários:

  1. d) Como um bom jacobino plural e aberto às divergências, usaria a página como papel higiênico. Ou apenas metade da página, se tiver cartum na outra metade.

    ResponderExcluir
  2. d) o problema da democracia não se resolve em si. uma democracia verdadeira só poderia existir se a desigualdade de renda fosse menos brutal.

    Esse é um problema clássico, yuri.
    não sei se acho esse trecho particularmente tendencioso.
    só acho infeliz a expressão "verdadeiros valores nacionais".

    ResponderExcluir
  3. Hum... esse trecho não é tendencioso. Tendencioso fui eu.
    Acho q o problema é o pensamento de que os pobres não sabem governar/votar/pensar. E a cobrança que se faz de que os valores sejam iguais aos da elite cafeeira de SP.

    ResponderExcluir
  4. O "lamentavelmente" também foi bastante infeliz.

    Lendo e reelendo o trecho, não consigo ficar com outra impressão que não um saudosismo dos tempos em que o voto era privilégio dos alfabetizados (não politicamente, em termos brechtianos).

    ResponderExcluir
  5. "lamentavelmente" pode querer dizer que infelizmente a pop. de baixa renda é maioria, mas isso sendo otimista.

    ResponderExcluir
  6. d) Plantar bananeira enquanto se ouve Eminem num Ipod.

    ResponderExcluir
  7. Le: É. Esse lamentavelmente ficou comprometedor. E mesmo sendo otimista fica estranho. Não dá pra saber o q o cara quis dizer. só pra falar o q deu a entender

    Utak: hein?

    ResponderExcluir